Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2006

eternamente tua

     

Image Hosted by ImageShack.us

eternamente tua

Serei eternamente tua pois, 
só tu conheces meu cheiro, 
meu gosto e meu corpo. 
Tu podes me magoar, 
me fazer calar e, 
ainda assim serei eternamente tua. 


Deixarei que beijes outras bocas, 
que toques outros corpos, 
que sintas o prazer de outros gemidos 
e que conheças o íntimo de outros seres. 


Deixarei. 
Para ter a certeza de que 
voltarás e que entenderás que 
quando beijaste outra boca 
- era a minha que tu querias, 
que quando tocaste outro corpo 
- era o meu que querias tocar, 
que quando sentiste o prazer de outro gemido 
- era o meu que querias sentir e, que, 
finalmente, quando conheceste 
o interior de outro ser 
- era o meu interior que tu buscavas 
em tuas infinitas procuras. 


Deixar-te-ei livre, para teres a certeza 
de que és meu e, assim voltar 
com a certeza de que ficarás. 
E então, depois de tantas buscas infindas suas, 
revelar-te-ei que estava a sua espera, 
assim como sempre estive.

E seremos eternamente nós.

publicado por CARLINHA às 00:00
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.posts recentes

. eternamente tua

.arquivos

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

.links

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

.pesquisar